USO PROLONGADO DE FONES DE OUVIDOS EM ADOLESCENTES: SINAIS DE ALTERAÇÃO NA ACUIDADE AUDITIVA

Karyn Daiane de Lara, Paulo Fernando Zaratini

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo pesquisar a relação entre o uso prolongado de fones de ouvidos com alterações auditivas em seus usuários. Para dar suporte a discussão, apoiamo-nos nos trabalhos de Gonçalves(2014); Dias e Luz; Borja (2012). A opção metodológica foi pela pesquisa de natureza aplicada, qualitativa, exploratória e viés interpretativo. Os resultados apontam que há correlação positiva para distúrbios na acuidade auditiva com o uso prolongados dos fones de ouvidos. A correlação torna-se significativamente forte, quando há combinação entre os fatores: alta frequência, intensidade sonora.

Texto completo:

PDF

Referências


"A intensidade do ruído, o tempo de exposição, e as características físicas dos mesmos determinarão o quanto podem ser prejudiciais à saúde auditiva."(BORJA, 2012).

"[...] Também observa-se uma relação direta entre o tempo de exposição e o aumento da prevalência do zumbido. Vale ressaltar, que o uso em intensidades elevadas guarda uma relação direta com a quantidade de sintomas referidos."(GONÇALVES,2014).

Gonçalves CL, Dias FAM. Achados audiológicos em jovens usuários de fones de ouvido. In:Rev.CEFAC.2014 jul-ago; 16(4):1097-1108.

Luz TS, Borja ALVF. Sintomas auditivos em usuários de estéreos pessoais. In: Int. Arch.Otorrinolaryngol.,São Paulo - Brasil, v.16, n. 2, p. 163-169, Abr/Mai/Junho - 2012.

https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=imgres&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwj0343U7N3dAhUDTZAKHey6B7IQjRx6BAgBEAU&url=http%3A%2F%2Fmenthel.com.br%2Ffones-de-ouvido-uso-inadequado-pode-causar-perda-auditiva%2F&psig=AOvVaw2A7JChYiW4VCj-e84tSQkK&ust=1538229254180398. Acesso em 20/09/2018


Apontamentos

  • Não há apontamentos.