RESPONSABILIDADES DO TRADUTOR INTÉRPRETE NO CONTEXTO EDUCACIONAL: ACESSIBILIDADE AO CONHECIMENTO

Josiane Chicora, Alessandra Liz Ferreira

Resumo


O presente estudo teve como finalidade mostrar a importância da presença do profissional Tradutor e intérprete de Libras em sala de aula permitindo ao aluno surdo a acessibilidade ao estudo. Sendo o TILS mediador na comunicação do professor/aluno e da comunidade escolar. Para tanto foi realizado um estudo bibliográfico e das legislações brasileiras. Os resultados evidenciaram não só a relevância dos profissionais no contexto educacional, mas a parceria com o professor regente e equipe pedagógica, uma vez que a fidelidade na tradução e interpretação é um dos objetivos principais na atuação desse profissional.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Lei nº. 10.436, de 24 de abril de 2002. Dispõe sobre a Língua Brasileira de Sinais- Libras – e dá outras providencias. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 25 abr. 2002.

______. Decreto nº.5.626. Regulamenta a Lei nº. 10.436, de 24 de abril de 2002, 19 de dezembro de 2000. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, 23 dez. 2005.

______. Lei nº. 12.319, de 1º de setembro de 2010. Secretaria do Estado de Educação. _ SEED/SUED, MEC, 2012. Superintendência da Educação. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12319.htm. Acesso em 08/08/2018.

LACERDA, Cristina B. F. Intérprete De Libras: em atuação na educação infantil e no ensino fundamental. In: LACERDA, Cristina B. F. O Intérprete De Língua Brasileira de Sinais (ILS): Legislação sobre a Libras e suas implicações para atuação do Intérprete. 5. ed. Porto Alegre: Mediação, 2013. 95 p

QUADROS, Dra. Ronice Müller de. O tradutor e intérprete de língua brasileira de Sinais e língua portuguesa: Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos. Brasilia: Mec; Seesp, 2004.

STREIECHEN, Eliziane Manosso. Libras: aprender está em suas mãos. Curitiba: CRV. 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.