AUTOPERCEPÇÃO DA EXPRESSIVIDADE DE ALUNOS DO CURSO DE JORNALISMO, APÓS INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA

Autores

  • Maria Vitória Garbuio Instituto de Educação Santana
  • Rahema Souza da Silva Instituto de Educação Santana
  • Isis Aline Lourenço de Souza Gaedicke Instituto de Educação Santana

Resumo

Este estudo tem como objetivo comparar a autopercepção dos acadêmicos dos 3º e 4º anos, do curso de Bacharelado em Jornalismo, da Universidade Estadual de Ponta Grossa, sobre sua expressividade vocal e corporal, antes e após intervenção fonoaudiológica. Os participantes passaram por dois momentos de gravação, que se consagraram antes e após a intervenção fonoaudiológica. Ao final de cada gravação, os acadêmicos receberam um questionário respondendo-o conforme autoavaliação do seu desempenho. Entre as gravações foi realizado um treinamento coletivo teórico-prático de expressividade vocal e corporal. Todos os participantes referiram melhora em sua expressividade após intervenção fonoaudiológica.

Biografia do Autor

Maria Vitória Garbuio, Instituto de Educação Santana

Acadêmica de Bacharel em Fonoaudiologia, Faculdade Sant'Ana

Rahema Souza da Silva, Instituto de Educação Santana

Acadêmica de Bacharel em Fonoaudiologia, Faculdade Sant'Ana

Isis Aline Lourenço de Souza Gaedicke, Instituto de Educação Santana

Professora do curso de Fonoaudiologia da IESSA. Mestre em Distúrbios da Comunicação.

Referências

BEHLAU, Mara et al. Voz Profissional: Aspectos Gerais e Atuação Fonoaudiológica. In: BEHLAU, Mara et al. Voz: O Livro do especialista. 2. ed. Rio de Janeiro: Revinter, 2010. Cap. 12. p. 287-332.

NEIVA, T. M. A.; GAMA, A. C. C.; TEIXEIRA, L. C.. Expressividade vocal e corporal para falar bem no telejornalismo: resultados de treinamento. Rev. CEFAC. São Paulo. v. 18, n. 2, Abr 2016. (pp. 498-507). Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462016000200498&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 23 Nov. 2017.

PENTEADO, Regina Zanella; GHIRARDI, Ana Carolina de Assis Moura. Fonoaudiologia nas práticas educacionais de formação de jornalistas: estudo de revisão. Distúrb. Comun, São Paulo, v. 3, n. 29, p.487-497, set. 2017. Disponível em: <http://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-881635>. Acesso em: 11 set. 2018.

PENTEADO, Regina Zanella; PECHULA, Marcia Reami. Expressividade em Jornalismo: interfaces entre Comunicação, Fonoaudiologia e Educação. Intercom, Rev. Bras. Ciênc. Comun., São Paulo , v. 41, n. 1, p. 153-166, Jan. 2018 . Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-58442018000100153&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 23 Set. 2018.

CHUN R. Y. S. et al. Promoção da Saúde: o conhecimento do aluno de jornalismo sobre sua voz. Rev. Disturbios da Comunicação, São Paulo, v. 19, n. 1. Abr 2007. (pp. 78-80). Disponível em: Acesso em: 11 Out. 2017.

SANTOS, A. A. L. dos et al. Autopercepção e qualidade vocal de estudantes de jornalismo. Rev. CEFAC. São Paulo, v. 16, n. 2. Abr/Jun 2014. (pp. 566-572). Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-18462014000200566&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 11 Out. 2017.

KYRILLOS, L. R.; COTES, C.. A voz no telejornalismo. In: OLIVEIRA, Iára Vittante de; ALMEIDA, Anna Alice Figueirêdo de; RAIZE, Thais (Org.). Voz Profissional. São Paulo: Sbfa, 2008. p. 102-115. Disponível em: <http://sbfa.org.br/portal/voz_profissional/>. Acesso em: 22 maio 2017.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

31-10-2018

Edição

Seção

Resumo Expandido