TROCANDO AS LENTES: GRUPO TERAPÊUTICO DE RESIGNIFICAÇÃO DO OLHAR DO ADULTO RESPONSÁVEL SOBRE O ADOLESCENTE QUE CUMPRE MEDIDA SOCIOEDUCATIVA

Maria Karolina Santos, Camila Elias, Beatriz Souza

Resumo


O presente resumo trata-se de um projeto de estágio profissionalizante do 5° ano do curso de Bacharelado em Psicologia, realizado no Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania (CEJUSC) da comarca de Ponta Grossa. Foram realizados grupos terapêuticos com responsáveis (mães, pais, irmãos, avós) de adolescentes que estavam em cumprimento de medida socioeducativa. Teve como objetivo principal ressignificar a situação conflituosa vivenciada entre as partes, decorrente também da circunstância vivenciada com o adolescente de infração á lei. Concluiu-se que a participação nos grupos auxilia os adultos no enfrentamento das situações conflituosas com os adolescentes.


Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, K.C. A responsabilidade civil dos pais de menores infratores. 2015. Disponível em: < http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,a-responsabilidade-civil-dos-pais-de-menores-infratores,54661.html>. Acesso em: 02/09/2018

BENEVIDES, D.S., PINTO, A.G.A., CAVALCANTE, C.M., JORGE, M.S.B. Cuidado em saúde mental por meio de grupos terapêuticos de um hospital-dia: perspectivas dos trabalhadores de saúde. Interface (Botucatu) vol.14 no.32 Botucatu Jan./Mar. 2010

BRASIL. Resolução N° 125, de 29 de Novembro de 2010. Capítulo III das Atribuições dos Tribunais, Seção II dos Centros Judiciários de Solução de Conflito e Cidadania. Brasília, Distrito Federal, 2010.

MICHENER, H. A; DELAMATER, J. D.; MYERS, D. J. Psicologia Social. São Paulo: Thomson Learning, 2005

NUPEMEC. Manual de Justiça Restaurativa do tribunal de Justiça do Paraná. 2015.

OSORIO,L.C. Grupoterapias: abordagens atuais. Porto Alegre: Artmed,2007.

ROSA, D., MARINS, J. Democratização Do Acesso A Justiça Através Da Mediação No Tratamento Dos Conflitos Familiares. I Seminário Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça RestaurativA. 2013. Disponível em: < http://online.unisc.br/acadnet/anais/index.php/mediacao_e_jr/article/view/10880 > Acesso em set. 2018

SPOSATO, K.B., NETO,V.C. Justiça restaurativa e a solução de conflitos na contemporaneidade. 2012. Disponível em: . Acesso em: 01/05/2018


Apontamentos

  • Não há apontamentos.