GRUPOS DE APOIO A ADOÇÃO

Ingrid Ellen Gonçalves, Patricia de Abreu Luzia, Beatriz de Souza

Resumo


O processo de espera para adoção gera uma expectativa nos pretendentes, que buscam o dia de vivenciarem a maternidade e a paternidade,  para que essa preparação possa ser mais branda e de forma sensibilizada, eles podem contar com amparo dos Grupos de Apoio a Adoção. É realizado de forma a acolher os candidatos, com uma equipe preparada para suavizar essa caminhada.

A reflexão desenvolvida nesse trabalho, é como atua os Grupos que possibilitam que essa passagem de espera possa produzir nos pretendentes um conforto e um olhar diferenciado desse momento. Proporcionam o entendimento e desejos dessas famílias, assim como também propiciam que façam a compreensão do perfil das crianças e adolescentes destituído do poder familiar, e encaminhados para adoção.


Texto completo:

PDF

Referências


DINAMARCO, Patrícia Puntel. Adoção: entendendo os contextos. Contrapontos - volume 6 - n. 1 - p. 163-168 - Itajaí, jan/abr 2006. Disponível em: . Acesso em: 15 Jan. 2018.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

FALEIROS, Vicente de Paula; MORAES, Patrícia Jakeliny Ferreira de Souza. Desafios e possibilidades na adoção. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 13, n. 1, p. 29-46, maio 2014. ISSN 1676-6806. Disponível em: . Acesso em: 18 Jan. 2018.

GONDIM, Ana Karen, et al. Motivação dos pais para a prática da adoção. Bol. psicol, São Paulo, v. 58, n. 129, p. 161-170, dez. 2008 . Disponível em: . Acesso em: 18 Jan. 2018.

HUBER, Manoela Ziegler; SIQUEIRA, Aline Cardoso. Pais por adoção: a adoção na perspectiva dos casais em fila de espera. Psicol. teor. prat., São Paulo, v.12, n.2, p.200-216, fev, 2010. Disponível em: . Acesso em: 24 Mar. 2018.

WEBER, Lidia Natalia Dobrianskyj. Aspectos Psicológicos da Adoção. 2° ed. (ano 2003), 7° reimpr. Ed. Juruá, Curitiba, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.