O AUTISMO INFANTIL E SUAS IMPLICAÇÕES NA ESCOLA: POLÍTICAS DE INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS

Claudine Hentges, Franciele Camila Hentges

Resumo


O autismo infantil, denominado mais recentemente como Transtorno do Espectro Autista (TEA)  muitas vezes afeta o desenvolvimento estudantil, sendo necessário  algumas adaptações durante a trajetória do aluno .Pensando  nisso, este artigo tem por objetivo analisar o papel da escola e da família no aprendizado do estudante autista.Utilizando-se da pesquisa qualitativa e bibliográfica, chegou-se à conclusão de que é necessário o uso da tecnologia como responsável pela promoção do desenvolvimento destes estudantes, mas ressalta-se que tal desenvolvimento só vem a ocorrer de forma significativa quando utilizado de forma hábil e didática pelo docente.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSUMPÇÃO JR, Francisco B. et al. Reconhecimento facial e autismo. Arq Neuroos iquiatr, v. 57, n. 4, p. 944-949, 1999.

GADI, CARLOS. APRENDIZAGEM E AUTISMO. Transtornos da Aprendizagem: A bordagem Neurobiológica e Multidisciplinar, p. 440, 2015.

LOPES, Esther; MARQUEZINE, Maria Cristina. Sala de recursos no processo de inclu são do aluno com deficiência intelectual na percepção dos professores. Revista Brasi leira de Educação Especial, v. 18, n. 3, p. 487-506, 2012.

RIBEIRO, Paula Ceccon et al. ComFiM: Um Jogo Colaborativo para Estimular a Comu nicação de Crianças com Autismo. In: Proceedings of the X Brazilian Symposium in Collaborative Systems. Sociedade Brasileira de Computação, 2013.

RODRIGUES, William Costa et al. Metodologia científica. Paracambi:[sn], 2007.

SOUZA, Erik Anibal Peixoto de. Um estudo de caso sobre a inclusão digital de alunos com diagnóstico de autismo. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.