ANÁLISE DO GRAU GERAL DE VOZES DE CANTORES NOTURNOS ANTES E APÓS AQUECIMENTO VOCAL

Larissa Trzeciak, Aliane de Fátima Dadona, Tatiane da Silva Vieira, Yasmin Dell Anhol

Resumo


Este trabalho analisa as vozes de cantores noturnos sem queixa vocal após aquecimento vocal.

Realizou-se um estudo quanti-qualitativo, exploratório de caráter descritivo. A pesquisa foi realizada com cantores noturnos, idade entre 24 e 44 anos. 

A coleta de dados deu-se por meio de análise da qualidade vocal e GRBASI antes e após do uso da voz cantada, após programa de aquecimento vocal. 

Pela pesquisa foi possível verificar que os exercícios interferem de forma positiva na qualidade vocal e GRBASI. 


Texto completo:

PDF

Referências


BEHLAU, M.; et al. Disfonias funcionais. In: BEHLAU Mara. Voz – o livro do especialista. Rio de Janeiro: Revinter; 2001. p. 78-247.

BEHLAU, M., REHDER, M. Higiene vocal para o canto coral. Rio de Janeiro: Revinter, 1997.

BIRCH, P. et al. Velum behavior in professional classic operatic singing. J Voice, v. 1, n. 16, p. 61-71, 2002.

FORTES, F. S. G., IMAMURA, R., TSUJI, D. H., SENNES, L. U. Perfil dos profissionais da voz com queixas vocais atendidos em um centro terciário de saúde. Rev Bras Otorrinolaringol. 2007; 73(1):27-31.

SCARPEL, R.; PINHO, S. M. R. Aquecimento e desaquecimento vocal. 2001.

SILVA, F. F. et al . Efeitos da reabilitação fonoaudiológica na desvantagem vocal de cantores populares profissionais. Audiol., Commun. Res., São Paulo, v. 19, n. 2, p. 194-201, jun. 2014.

TITZE, I. R. The five best vocal warm-ups exercises. J Singing, p. 57, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.