O PROFISSIONAL DE SECRETARIADO EXECUTIVO COMO UM AGENTE DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

Karine Andrade Sikorski dos Santos, Balduir Carletto, Lucas Ronan Gonçalves

Resumo


Este projeto de pesquisa teve como objetivo demonstrar como o profissional de Secretariado Executivo pode atuar sendo um agente de implantação e manutenção do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) nas empresas. A fundamentação teórica explorada nesta pesquisa aborda temas acerca do Sistema de Gestão da Qualidade, NBR ISO 9001/2015, conceitos e habilidades do profissional de Secretariado Executivo, fazendo um paralelo com empresa que já esteja inserida no contexto do SGQ. A metodologia utilizada foi o método indutivo; quanto à classificação, a sua natureza foi uma pesquisa aplicada, trata-se também de investigação descritiva, quantitativa e qualitativa, caracterizando estudo de caso realizado junto à empresa de manufaturados na região dos Campos Gerais. O público-alvo está representado pelo coordenador da qualidade. O instrumento para coleta de dados consiste em um questionário, com 11 perguntas, sendo 7 abertas e 4 fechadas, com a finalidade de verificar a cultura da empresa quanto ao SGQ, bem como sua percepção do profissional de secretariado executivo atuando como um auxiliar neste processo. Após a formatação dos dados ficou evidenciado o que é e qual a importância do SGQ para a empresa, sendo este um diferencial para seus resultados, quais as dificuldades que podem ocorrer neste processo e como o profissional de Secretariado Executivo, através de seu papel e novas habilidades, mais voltadas hoje para o empreendedorismo, pode atuar como um agente auxiliando na implantação e manutenção do SGQ nas empresas. Dentre as habilidades deste perfil de profissional, ele destaca algumas que o credenciam para esta atividade, sendo elas: gestão da informação, planejamento, organização, controle, indicadores de desempenho, treinamento, oratória e comunicação.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 9001/2015: Sistemas de Gestão da Qualidade – requisitos.

CARPINETTI, L.C.R. Gestão da Qualidade – conceitos e técnicas. São Paulo, Atlas, 2011.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. In: Revista de Administração de Empresas. São Paulo: v.35, n.2, p. 57-63, abril 1995.

LESSA, J.K.; SCHELL, M.M., As Competências do Profissional do Secretariado e a Utilização de Ferramentas de Gestão em Organização, In: MARTINS, C.B.; D'ELIA, B. Modelos de Gestão no Contexto do Profissional de Secretariado. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, 2015. p. 133-146.

MARINHO, A. P. (Org.) Framework do Plano de Carreira do Profissional Secretário. São Paulo: SinSesp, 2015.

MARTINS, C. B.; D’ELIA, B. Modelos de Gestão no Contexto do Profissional de Secretariado. Florianópolis: Departamento de Ciências da Administração/UFSC, 2015. 250p.

MAZULO, R.; LIENDO, S.C. Secretária: Rotina Gerencial, Habilidades Comportamentais e Plano de Carreira. São Paulo, Editora SENAC SP, 2010.

MICHAELIS. Moderno Dicionário da Língua Portuguesa. Disponível em: http://michaelis.uol.com.br/ Acesso em: 03 nov 2016.

NEIVA, E. G.; D’ELIA, M. E. S. As novas competências do profissional de Secretariado Executivo (3a ed.). São Paulo: IOB, 2013.

PRODANOV, C.C.; FREITAS, E.C. Metodologia do Trabalho Científico [recurso eletrônico], métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Amburgo, Feevale: 2013.

SCHUMACHER, A.J.; PORTELA, K.C.A. Gestão Secretarial – O desafio da visão holística. Cuiabá, Adeptus, 2009.

SLACK, N.; CHAMBERS, S.; JOHNSTON, R. Administração da Produção; tradução Maria Tereza Corrêa de Oliveira, Fábio Alher; 2. ed. São Paulo, Atlas:2002.

YIN, Robert K.: Case Study Research - Design and Methods. Sage Publications Inc., USA, 1989.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.