Programas de Metodologia do Ensino da Educação Física para Crianças de 7 a 10 Anos: Uma Comparação Entre Uma Escola Municipal de Ponta Grossa (Brasil) e Regensburg (Alemanha)

Gabriel Bubniak, Leondenis da Silva Gaudêncio, Aurélio de Oliveira

Resumo


A presente pesquisa traz em seu teor apontamentos que evidenciam as diferenças entre metodologias de ensino utilizadas por professores da rede pública municipal de ensino, sendo analisada uma escola em Regensburg (Alemanha) e outra em Ponta Grossa (Brasil). Destaca-se que não há o intuito de indicar qual desses métodos é o melhor, mas sim, estabelecer apenas uma comparação inúmeros aspectos entre elas, uma vez que não se desconsidera a existência cultural e socioeconômica entre estes dois países. Destaque-se ainda que outro fator que influenciou na escolha do tema foi curiosidade sobre o quê e como é trabalhada a educação física escolar fora do contexto cultural brasileiro. Dessa forma, a questão principal dessa pesquisa versou sobre qual a real diferença entre a metodologia utilizada nas aulas de Educação Física ministradas em escolas públicas de Regensburg e de Ponta Grossa para crianças de 7 a 10 anos. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa exploratória mediante seus objetivos e estudo de caso mediante os procedimentos técnicos adotados. Sabe-se que nos anos iniciais da criança o desenvolvimento motor é de extrema importância a ser trabalhado, pois é nesse período que ocorre a maior absorção de conhecimento na criança. A educação física escolar é relacionada totalmente à saúde, no entanto o trabalho sobre as aptidões físicas é importante de mesma forma. São estes detalhes que foram enfatizados e evidenciados nas observações realizadas em escolas dos dois países citados e que são apresentadas no decorrer desta pesquisa.


Texto completo:

PDF

Referências


BÖS, Klaus. Motorische Kompetenzen von Kindern und Jugendlichen. Ernährungs-Umschau, 2004, 51. Jg., S. 352-357.

BRASIL, Lei de Diretrizes e B. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996,

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na Escola: Questões e Reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na escola: questões e reflexões. Topazio, 1999.

FREISTAAT BAYERN, Verfassung des Freistaates Bayern, Bayerische Staatskanzlei, München, 2014

GALLAHUE, D.L; OZMUN, J.C. Compreendendo o desenvolvimento, Motor: Bebê, Criança, adolescente e adultos. São Paulo, Phorte Editora: 2013

GUEDES, DARTAGNAN PINTO. Crescimento composição corporal e desempenho motor. São Paulo, Editora Balieiro, 2002.

OLIVEIRA, João Ferreira de; MORAES, Karine Nunes de; DOURADO, Luiz Fernandes. Organização da educação escolar no Brasil na perspectiva da gestão democrática: sistemas de ensino, órgãos deliberativos e executivos, regime de colaboração, programas, projetos e ações. 2006. Sala Ambiente - Políticas e Gestão na Educação. Disponível em: . Acesso em: 31 jul. 2017.

PAES, Roberto Rodrigues et al. Educação Física escolar: o esporte como conteúdo pedagógico do ensino fundamental. São Paulo, Editora Unicamp, 1996.

SALOMON, D. V. Como Fazer uma Monografia. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

SEDORKO, Clovis Marcelo; KONIG, Daiany Cristiny. Educação fisica nos anos iniciais: brincar, jogar e aprender na escola. Ponta Grossa. Estudio Texto 2014.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 1986.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.