Um estudo sobre a dislexia

Alexandra Biuk, Analia Maria de Fátima Costa

Resumo


Esta pesquisa teve a intencionalidade de versar não só sobre a trajetória histórica do conceito da dislexia, suas causas e tipos, como também refletir sobre as possibilidades de intervenção dos diferentes profissionais junto à criança disléxica. A dislexia é definida como um distúrbio de aprendizagem na leitura e escrita, detectada principalmente no início da alfabetização e que causa prejuízos significativos no desenvolvimento global da criança, acometendo um número considerável de estudantes. Para tanto foi utilizada a pesquisa bibliográfica pautada em diferentes autores que tratam sobre a temática. Ao término dessa pesquisa conclui-se que a dislexia é um distúrbio de ordem neurológica que afeta principalmente a consciência fonológica da pessoa causando-lhe danos no processo da leitura e escrita. No entanto, se houver uma intervenção adequada por parte do professor, e também dos especialistas, além de ajuda da família, esses prejuízos podem ser minimizados e o educando passará a ter melhores possibilidades de sucesso na aprendizagem de modo geral.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, C. Jogos para a estimulação das múltiplas inteligências.18ª edição. Petrópolis: Vozes 2012

CIASCA S.M.; RIBEIRO M.V.L.M.; Avaliação e manejo neuropsicológico da dislexia In: ROTTA, N. T. ; OHLWEILER, L.; RIESGO, R.D.S. Transtornos da Aprendizagem Abordagem Neurobiológica e Multidisciplinar. Porto Alegre – RS: Artmed, 2006. p. 151,152, 153,155,162,184,185

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MUSZKAT, M.; RIZZUTTI, S. O professor e a Dislexia. 8 vol. –São Paulo: Cortez, 2012

OLIVER, L. de, Distúrbios de Aprendizagem e de Comportamento – 6 edição – Rio de Janeiro: Wak, 2011.

OLIVER, L. de. Transtornos de Comportamento e Distúrbios de Aprendizagem. Rio de Janeiro: Wak ,2011.

PINHEIRO A.M.V.; VILHENA D.A.; Curso online para professores: Dislexia como identificar? E o que fazer? In: ALVES, L.M.; MOUSINHO, R.; CAPELLINI S. A. Dislexia Novos Temas, Novas Perspectivas volume II. Rio de Janeiro: Wak, 2013 p. 52, 107

ROTTA N.T.; PEDROSO F.S.; Transtornos da linguagem escrita-dislexia. In: ROTTA, N. T. ; OHLWEILER, L.; RIESGO, R.D.S. Transtornos da Aprendizagem Abordagem Neurobiológica e Multidisciplinar. Porto Alegre – RS: Artmed, 2006. p. 151,152, 153,155,162,184,185

SAMPAIO.S; Aspectos Neuropsicopedagógicos da Dislexia e sua influência em sala de aula. In: SAMPAIO, S.; FREITAS, I.B.de. Transtornos e Dificuldades de Aprendizagem - Entendendo Melhor os alunos com necessidades educativas especiais., 2.ed. Rio de Janeiro: Wak, 2014 p. 37,38,46,47.54,56,58,59,61

SILVA, C.; Identificação e intervenção precoce de escolares de risco para a dislexia. In: ALVES, L.M.; MOUSINHO, R.; CAPELLINI S. A. Dislexia Novos Temas, Novas Perspectivas volume II. Rio de Janeiro: Wak, 2013 p. 52, 107

STERNBERG, R.J.; GRIGORENKO, E. L. Crianças Rotuladas – O que é necessário saber sobre as dificuldades de aprendizagem. Porto Alegre – RS: Artmed, 2003.

ZABOROSKI, A.P.; OLIVEIRA, J.P. Atuação da Fonoaudiologia na Escola.- Reflexões e Praticas. Rio de Janeiro: Wak, 2013


Apontamentos

  • Não há apontamentos.