A IMPORTÂNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA RECUPERAÇÃO PÓS-ANESTÉSICA

Autores

  • Caroline Doria do Monte Souza Faculdade Estácio de Carapicuíba
  • Antonia dos Anjos da Silva Faculdade Estácio de Carapicuíba
  • Creusa Paulina de Jesus Bassine Faculdade Estácio de Carapicuíba

Palavras-chave:

Assistência de enfermagem. Recuperação pós-anestésica. Período pós-operatório.

Resumo

  O centro cirúrgico é considerado de alto risco à segurança do paciente pela complexidade e especificidades demanda da equipe multidisciplinar associar à prática profissional, ações que visem a promoção da qualidade da assistência perioperatória e a redução do risco cirúrgico. O período pós-operatório imediato é considerado crítico, tem seu início na SRPA-sala de recuperação pós-anestésica.  Este estudo tem como objetivo identificar através da literatura a importância da equipe de enfermagem na recuperação pós-anestésica, para assim evitar e/ou amenizar as complicações existentes. As pesquisas bibliográficas realizadas constituem no levantamento de publicações científicas relacionadas com o tema, no período compreendido entre 2010 e 2018. As bases informatizadas consultadas foram a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Google acadêmico utilizando título para identificar artigos relevantes. A atuação da equipe de enfermagem é fundamental nesse período de instabilidade, no qual os riscos podem desencadear problemas, sendo de grande importância a estabilidade do nível de consciência e dos sinais vitais do paciente; a assistência de enfermagem nesse período deve ser planejada desde sua admissão até o paciente ter condições de alta da SRA. A sistematização da assistência de enfermagem é uma das estratégias para a obtenção de um processo seguro. Concluímos que a equipe de enfermagem na sala recuperação pós-anestésica, possui uma grande importância, pois é quem realiza as avaliações necessárias para que não ocorra/ou se agravem as complicações existentes na sala de recuperação pós-anestésica; onde através de profissionais qualificados tanto tecnicamente quanto cientificamente será realizada uma assistência segura e eficaz.  Palavras-chave: Assistência de enfermagem. Recuperação pós-anestésica. Período pós-operatório. 

Biografia do Autor

Antonia dos Anjos da Silva, Faculdade Estácio de Carapicuíba

Graduada em Enfermagem pela Faculdade Estácio de Carapicuíba.

Creusa Paulina de Jesus Bassine, Faculdade Estácio de Carapicuíba

Graduada em Enfermagem. Docente da Faculdade Estácio de Carapicuíba

Referências

Referências

COSTALINO, Lídia Regina. A enfermagem e a dor do paciente na sala de recuperação pós-anestésica: formas de identificação e condutas interventivas. Salusvita, v. 34, p. 2, 2015.

DILL, Márcia Cristina Pereira; ARBOIT, Éder Luís; KAEFER, Cristina Thum. Percepções Acerca de um Instrumento para Avaliação e Alta da Sala Recuperação Pós-Anestésica. J. res.: fundam. Care, v. 10 n. 3, p. 711-719, 2018.

DINIZ, Priscila Renaly Gonçalves; MENESES, Aísha Sthéfany Silva de; GOMES, Cristiana Barbosa da Silva et al. A importância da assistência de enfermagem na sala de recuperação pós-anestésica: um relato de uma experiência. Conbracis, v. 1, n.1, p. 1-6, 2016.

DUAILIBE, Felipe Tavares; OLIVEIRA, Edina Araújo Rodrigues; MOREIRA, Maria Rosilene Cândido. Intervenções de enfermagem na recuperação pós-anestésica de pacientes cirúrgicos. Rev Enferm UFPI, Teresina, v. 3, n. 1, p. 107-12, 2014.

LIMA, Luciana Bjorklund de; RABELO, Eneida Rejane. Carga de trabalho de enfermagem em unidade de recuperação pós-anestésica. Acta Paul Enferm, v. 26, n. 2, p. 116-22, 2013.

LINS, Thaís Honório; VERÍSSIMO, Regina Célia Sales Santos; MARTIN, Heimar de Fátima. Concepção dos enfermeiros sobre o conteúdo do website sala de recuperação pós-anestésica. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 63, n. 1, p. 22-25. 2010.

LIRA, Ana Luisa Brandão de Carvalho; ARAÚJO, Wanessa Morais de; SOUZA, Nathália Tôrres Costa de et al. Mapeamento dos cuidados de enfermagem para pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca. Rev Rene., v. 13, n. 5, p. 1171-81, 2012.

MACEDO, Amanda Cristina Prado de Almeida; ROMANEK, Flavia Alves Ribeiro Monclpus; AVELAR, Maria do Carmo Querido. Gerenciamento da dor no pósoperatório de pacientes com câncer pela enfermagem, Rev. Dor, v. 14, n. 2, p. 133- 136, 2013.

MACENA, Maria Damares Almeida; ZEFERINO, Mariana Gondim Mariutti; ALMEIDA, Denize Alves de. Assistência do Enfermeiro aos pacientes em recuperação Pós Cirúrgica: cuidados imediatos. Revista de Iniciação Cientifica da Libertas, v. 4, n. 1, p. 133-151, 2014.

MADEIRA, Maria Zélia de Araújo; COSTA, Cecília Passos Vaz da; SOUSA, Lara Emanueli Neiva de et al. Percepção dos enfermeiros sobre o cuidado de enfermagem na sala de recuperação pós-anestésica. R. pesq.: cuid. fundam.,v. 5, n. 6, p. 104-114, 2013.

NUNES, Fiama Chagas; MATOS, Selme Silqueira de; MATTIA, Ana Lúcia de. Análise das complicações em pacientes no período de recuperação anestésica. Rev. SOBECC, São Paulo, v. 19, n. 3, p. 129-135, 2014.

OLIVEIRA, Érika Farias Veloso de; SILVA JÚNIOR, Fernando José Guedes da. Atuação do enfermeiro frente às complicações na sala de recuperação pósanestésica. Rev Enferm UFPI. 2016 Jul-Set;5(3):54-59.

PASSOS, Ana Paula Peçanha. O cuidado da enfermagem ao paciente cirúrgico frente ao ato anestésico. Perspectiva online, v. 6, n. 2, p. 14-19, 2012.

PAULA, Gisele Reis de; REIS, Vanda dos Santos; RIBEIRO, Flávia Alves et al. Assistência de enfermagem e dor em pacientes ortopédicos na recuperação anestésica, no Brasil. Rev Dor. São Paulo, v. 12, n. 3, p. 265-69, 2011.

PORTELA, Larissa Vargas de Melo. As intervenções de enfermagem e sua importância na sala de recuperação pós-anestésica. Revista Científica FacMais, v. 12, n. 1, 2018.

RIBEIRO, Mariângela Belmonte; PENICHE, Aparecida de Cassia Giani; Silva, Silvia Cristina fürbringer. Complicações na sala de recuperação anestésica, fatores de riscos e intervenções de enfermagem: revisão integrativa. Rev. Sobecc, v. 22, n. 4, p. 218-229, 2017.

ROMANZINI, Adilson Edson; JESUS, Ana Paula Marcielo de; CARVALHO, Edevã de et al. Orientações de enfermagem aos pacientes sobre o autocuidado e os sinais e sintomas de infecção de sítio cirúrgico para a pós-alta hospitalar de cirurgia cardíaca reconstrutora, Rev. Min. Enferm.;14(2): 239-243, abr./jun., 2010.

SANTOS, Marcos Rodrigues; SANTOS, Josefa Jadiane dos; SANTANA, Natália Aragão et al. A importância da Assistência de Enfermagem na Sala de Recuperação PósAnestésica: Visão dos Monitores em Enfermagem Cirúrgica. International Nursing Congress, v. 1, n. 1, p. 1-4, 2017.

SARAIVA, Eliane Laranjeira; SOUSA, Cristina Silva. Pacientes críticos na unidade de recuperação pós-anestésica: revisão integrativa. Rev. Sobecc, v. 20, n. 2, p. 104-112, 2015.

SERRA, Maria Aparecida Alves de Oliveira; SILVA FILHO, Francisco Ferreira da; ALBUQUERQUE, Andreia de Oliveira de. Assistência de enfermagem no pós-operatório imediato: estudo transversal. Online braz j nurs, v. 14, n. 2, p. 161-7, 2015.

SOUZA, Talita Monteiro; CARVALHO, Rachel; PALADINO, Camila Moreira. Diagnósticos, prognósticos e intervenções de enfermagem na sala de recuperação pós-anestésica. Revista SOBECC, v. 17, n. 4, p. 33-47, 2012.

TELES, Roselin Padilha; TERESA, Denise Macarini; COMIN, Mariana et al. Protocolo do manejo da sede na sala de recuperação pósanestésica em um hospital privado no sul de santa catarina. RIES, v. 7, nº 1, p. 335-350, 2018.

Downloads

Publicado

15-04-2020

Edição

Seção

Artigos